A Nintendo é uma desenvolvedora conhecida por manter, em sua maioria, jogos desenvolvidos para a interação familiar. O problema é que nem todo jogador está preocupado com a restrição etária que games como Mario e Zelda oferecem e foi o que aconteceu com Super Mario Odyssey recentemente.

Exatamente por ter abordagem mais familiar e direcionada para crianças, a Nintendo usualmente é bem sisuda com o que aparece em suas franquias de sucesso. O problema é que ela não contava com a mente provocadora da internet, em seus fóruns mais obscuros.

Por exemplo, há pouco tempo perfis no Tumblr estavam tentando descobrir, através de uma imagem de Super Mario Tênis, certos atributos do Luigi. Sim, não estou brincando com você a postagem abaixo é bem auto-explicativa, mesmo sem a devida tradução.

Infelizmente este não foi o único problema enfrentado pela Nintendo. Recentemente, conforme apontado no Reddit, alguns usuários estavam usando imagens pornográficas em seus perfis no jogo Super Mario Odyssey, franquia mais family friendly da empresa.

Esta também não foi a primeira vez que a Nintendo ou uma empresa com jogos destinados a crianças precisou policiar seus usuários para evitar a propagação de imagens destinadas para adultos. Minecraft teve que empregar pessoas cujo o trabalho consistia unicamente no policiamento das construções criadas pelos seus jogadores, para evitar que, por exemplo, castelos reproduzam imagens de genitália, o mesmo aconteceu com a divisão portátil do 3DS.

Só que o problema de Odyssey é ainda mais grave. Em um evento do jogo os jogadores receberam a missão de caçar balões em um nível específico. O perigo? Bom, os balões adotavam a imagem do avatar da pessoa que o estava controlando no momento. E aí o pandemônio foi total, já que alguns estavam usando imagens pornográficas, que ficaram bem a mostra no jogo.

De acordo com usuários do Reddit esta seria uma tentativa de demonstrar quão falha é a segurança da Nintendo. Nobre, não é? É, talvez nem tanto.