Já faz algum tempo que a Amazon deixou claro que quer se tornar um espaço onde absolutamente tudo poderá ser encontrado e comprado. Para aumentar sua gama de produtos, ontem a empresa anunciou que comprou por US$ 1 bilhão a PillPack, uma startup fundada em 2013.

Para quem não conhece, a PillPack é uma farmácia online que vende e envia medicamentos para todos os estados dos EUA, ou seja, a Amazon quer também entrar nesse mercado. Vale lembrar que nos Estados Unidos redes como CVS e Walgreens são gigantes no setor de medicamentos, então é bastante natural que a empresa adquira algumas marcas desse setor para pelo menos ter alguma chance de competir com os grandes.

Após o anuncio da compra por parte da Amazon, as ações de concorrentes do setor como CVS, Walgreens e Ride Aid Corp caíram cerca de 10%. Isso mostra o poder que a Amazon possui no mercado norte americano, logo que demonstraram que vão entrar em um novo mercado, os acionistas sentiram a ameaça e começaram a vender seus títulos.

Aqui no Brasil, quando a empresa de Jeff Bezos anunciou que entraria no marcado de eletrônicos, empresas como B2W, Magazine Luiza, Saraiva e Lojas Americanas também viram suas ações desabarem. Voltando aos EUA, o Wall Street Journal, explicou que o mercado de medicamentos por lá é muito regulamentado e que por esse motivo acredita que será complicado ver a Amazon dominar essa área que hoje representa mais de US$ 400 bilhões.

O que nos resta é aguardar para ver o que Jeff Bezos está preparando dessa vez…