Cientistas chineses desenvolveram uma espécia de fuzil capaz de disparar lasers ao invés de munição comum. Por enquanto ele é conhecido como ZKZM-500 e é capaz de atear fogo em alvos a uma distância de até 800 metros. Segundo o jornal South China Morning Post, o ZKZM-500 foi produzido pelo Instituto Xian de Ótica e Mecânica de Precisão, um laboratório ligado ao governo local.

Por enquanto o que se sabe é que ele pesa 3 quilos, possui um cano de 15 milímetros e se assemelha a um fuzil AK-47. Além disso, ele é capaz de realizar até 1.000 disparos a laser que são invisíveis a olho nu, vale lembrar que cada disparo possui 2 segundos de duração.

Apesar do laser durar apenas 2 segundos, ele é capaz de atravessar vidros e janelas, carbonizar instantaneamente qualquer tecido, inclusive a pele humana. Sua “munição” vem de uma bateria de íon de lítio, mesmo tipo de bateria usada em smartphones e notebooks, porém a usada no ZKZM-500 é muito maior. A empresa responsável pelo desenvolvimento do ZKZM-500 disse que está se preparando para produzir o “fuzil” em larga escala, num primeiro momento essa nova arma será entregue a autoridades policiais da China.

Apesar de toda a força que essa arma possui, em documentos oficiais ela é descrita como “não-letal”, isso porque um único disparo de laser não será suficiente para matar, porém em uma rajada concentrada ela poderá perfurar a pele de um humano, por exemplo. Ainda não se sabe quando o “fuzil” a laser será produzido e entregue, porém já sabemos que o seu preço será de cerca de R$ 60 mil por peça.

Qual a sua opinião sobre esse tipo de arma, será que já estamos no “futuro”? Deixe sua opinião logo abaixo nos comentário!

Participe! Deixe seu comentário...