Estamos naquela época do ano em que as empresas começam a declarar seus ganhos financeiros no ano e as empresas de tecnologia e jogos de videogame não estão isentas, mesmo as gigantes que aparecem soberanas no mercado. De acordo com o relatório do seu Q2, que compreende os meses de Abril, Maio e Junho, tudo não poderia estar melhor. A Microsoft teve uma receita de $30.1 bilhões (17% acima), algo classificado pelo chefe executivo, Satya Nadella, “um ano incrível” e esse sucesso todo foi graças, em parte, a comunidade online de jogos.

A receita da Microsoft em sua parte de jogos cresceu 39%, um aumento de $643 milhões de dólares. O lucro foi movido por mais entrada financeira ao redor de software do Xbox e serviços relacionados, que demonstrou grande crescimento (36%) graças a força de títulos de terceiros. Atualmente a Xbox Live, plataforma da comunidade online de assinantes da empresa, tem 57 milhões de usuários ativos em todos os sistemas de jogos, com o Xbox One, Windows 10, iOS e Android. Sendo os usuários ativos as pessoas que usaram o serviço no último mês, um aumento de 8% se comparado ao trimestre anterior.

Visando o crescimento do mercado e sua expansão, Phil Spencer, presidente da divisão de jogos da empresa, confirmou na E3 que o investimento da Microsoft irá girar ao redor do serviço de streaming de jogos com qualidade de console para qualquer dispositivo, sejam eles consoles do Xbox, Computadores e Telefones.

Ultimamente a empresa não tem mais declarado seus ganhos com a venda de hardware, que são os itens físicos como consoles e outros periféricos, por isso não temos como verificar o impacto da receita de jogos. Contudo durante o Inside Xbox, da Gamescom em 21 de Agosto serão revelados “novos pacotes e acessórios do Xbox One”. Talvez veremos a nova informação do controle Xbox One Elite, e não apenas uma nova cor para seus controles padrão.

E aí, feliz pelo desempenho da empresa? Ansioso por mais novidades?