Enquanto a Nintendo não anuncia nenhum novo jogo ou franquia para o Switch, vamos nos contentando com edições especiais de jogos já conhecidos. É o caso com Super Smash Bros. Ultimate que ganhará uma edição para colecionadoras com um controle de GameCube.

A data de lançamento é para 7 de dezembro e foi anunciado pela Nintendo Europa, além da revelação da caixa da edição limitada que virá não apenas com o controle, mas também com uma cópia do jogo e um adaptador. O preço não foi anunciado para a versão de lá e é seguro dizer que com o encerramento das atividades da Grande N no Brasil, dificilmente teremos o combo por um preço justo, mas para quem gosta de importar, a opção está viável.

Infelizmente o pack vem com apenas um controle de GameCube, mas a Nintendo já tranquilizou os fãs que quiserem jogar uma partida local com ambos os jogadores utilizando o controlador. Será possível utilizar os modelos antigos e que nintendistas definitivamente ainda tem guardado em alguma gaveta, mas apenas com um adaptador USB. A Nintendo também anunciou na E3 que vai vender um controlador GameCube Smash Bros. Ultimate edition separadamente, que atualmente está disponível para pré-venda na Amazon por US$ 30. Também será possível usar controladores de terceiros, como os controladores de GameCube com switch da Hori, que vêm em três variações diferentes de esquemas de cores Zelda, Mario e Pikachu.

Super Smash Bros é, assim como Mario, Donkey Kong e Zelda, uma das franquias mais lucrativas da Nintendo e com maior base de fãs no mundo. No jogo é possível controlar personagens icônicos da desenvolvedora em uma arena aberta com caos operante. A adaptação de um controle é apenas mais um dos movimentos já previstos pela empresa, que o repete desde o lançamento do Nintendo Wii, que trouxe a retrocompatibilidade de jogos e objetos do GameCube, uma prática que nunca parou para os donos de itens da marca.

E você pensando que a Microsoft era a salvadora da pátria com o seu programa de retrocompatibilidade, né?